Candyfornia Gurl

SNL photoshoot - 2010, 2011 and 2013

SNL 2013 Promo Shoot

shpeshull:

2012 MUSICARES PERSON OF THE YEAR TRIBUTE TO PAUL MCCARTNEY - 02.10

Katy Perry - Thinking Of You (First Version)
mafiaperry:

Hey Kittens, nós da máfia perry temos uma super novidade para vocês!Vocês sabem que nós da máfia somos um grupo de 18 amigos katycats e visto isso tivemos a ideia de fazer uma “vaquinha” para sortear uma coisa bem legal pra vocês, katycats! Já que tem bastante gente que não tem condições ou oportunidades para comprar coisas para incrementar uma coleção da Katy, nós decidimos tentar ajudar alguns kittens!
O que nós vamos sortear? Um CD do single de E.T. 
Como e quando vamos sortear? O sorteio será feito no dia 2 de novembro às 18:00. Para o sorteio o usaremos o site twitrand.com (porém se percebermos que a pessoa não é fã o sorteio será re-feito) 
Como participar? Para participar é bem simples, basta seguir a máfia aqui no tumblr, reblogar este post, seguir o twitter @mafiaperry e tweetar na sua conta a seguinte frase:
Sigo a @MafiaPerry e eles vão me dar um single de E.T! #MafiaPerryRepresents 
Qualquer dúvida pode ser tirada  via ask aqui no tumblr ou via twitter. E não se esqueçam de ler as regras.Desejamos boa sorte a todos que irão participar da nossa promoção e já de ante mão informamos que essa não será a primeira e nem a ultima promoção que faremos. Sigam os nossos twitters pessoais pra conhecer um pouco mais sobre a gente, @darthvanner @perryportilla @snowiner @analbagne @victoriacha @katymypussy @20matarcom1tiro @violettadp @katymecome @Hellandcold @_majumds @danieladvalle @raleite_ @Nanaquaranta @yasmimg_ @camilasales1 @katynymph @katyeuteamo 

mafiaperry:

Hey Kittens, nós da máfia perry temos uma super novidade para vocês!

Vocês sabem que nós da máfia somos um grupo de 18 amigos katycats e visto isso tivemos a ideia de fazer uma “vaquinha” para sortear uma coisa bem legal pra vocês, katycats! Já que tem bastante gente que não tem condições ou oportunidades para comprar coisas para incrementar uma coleção da Katy, nós decidimos tentar ajudar alguns kittens!

  1. O que nós vamos sortear? Um CD do single de E.T.


     
  2. Como e quando vamos sortear? O sorteio será feito no dia 2 de novembro às 18:00. Para o sorteio o usaremos o site twitrand.com (porém se percebermos que a pessoa não é fã o sorteio será re-feito)
     

Como participar? Para participar é bem simples, basta seguir a máfia aqui no tumblr, reblogar este post, seguir o twitter @mafiaperry e tweetar na sua conta a seguinte frase:

  • Sigo a @MafiaPerry e eles vão me dar um single de E.T! #MafiaPerryRepresents 


Qualquer dúvida pode ser tirada  via ask aqui no tumblr ou via twitter. E não se esqueçam de ler as regras.

Desejamos boa sorte a todos que irão participar da nossa promoção e já de ante mão informamos que essa não será a primeira e nem a ultima promoção que faremos. 

Sigam os nossos twitters pessoais pra conhecer um pouco mais sobre a gente, @darthvanner @perryportilla @snowiner @analbagne @victoriacha @katymypussy @20matarcom1tiro @violettadp @katymecome @Hellandcold @_majumds @danieladvalle @raleite_ @Nanaquaranta @yasmimg_ @camilasales1 @katynymph @katyeuteamo 

Redação

Com a ajuda das perguntas a seguir, você deverá construir uma história engraçada e surpreendente.
1) Um nome próprio (que não seja da sala de aula)
2) Nome de um lugar (cidade, bairro, país)
3) Qual o número de sua preferência?
4) Qual é a sua cor preferida?
5) O que, para você, é um defeito?
6) Indique um intervalo de tempo (minutos, horas, dias, meses, anos…)
7) Indique uma quantia em dinheiro.
8) Qual é a música ou banda de sua preferência?
9) Diga o nome de um local comum (em casa, na escola, no caminho que você faz…)
10) Qual é a sua comida preferida?



Rio de Janeiro, 29 de Julho de 2012.

                Peguei minha passagem com Tamra. Estava escrito “Katheryn E. Hudson, cadeira 11.” Essas duas informações me deixavam feliz, por se tratarem do meu número preferido e, do meu nome. Às vezes, era bom deixar de ser Katy Perry e voltar a ser Katheryn Elizabeth. Entrei no avião tranquila. Talvez as pessoas estranhariam uma mulher usando óculos escuros dentro de um avião, mas ali eu era apenas a estranha e desconhecida Katheryn. Troquei os óculos por tapa-olhos e tirei meu doce cochilo de gato até o Rio.
                Era inverno no Brasil, mas estava quente. Logo que desci do avião, me senti em casa. O ar era completamente diferente do da Califórnia, mas o clima era aconchegante. Alguns seguranças vieram me buscar; sinal de que eu era Katy Perry de novo. No aeroporto, havia mãos me puxando, canetas, CDs e posters com o meu rosto pedindo para serem autografados. Peguei a caneta de uma garota com bigodes de gato nas bochechas e autografei tudo o que fosse possível. Hora de ir para o hotel.
                Mais fãs na porta do hotel. Entrei escoltada. Examinei meu quarto, bonito. Tomei banho e coloquei meu Valentino vermelho para me preparar para as entrevistas. A melhor, foi a última.
                Uma apresentadora loira chegou com sua equipe, bastante gente. Estava sorridente e usava uma blusa linda, que fiz questão de elogiar, na qual ela respondeu ao elogio com uma gargalhada um tanto quanto diferente, mas simpática. Começamos a entrevista, que foi mais um “bate-bola”; simples e divertido.
                – Te faço uma pergunta e você me diz a primeira coisa que lhe vier à cabeça. Combinado?
                – Sim! – consenti, animada.
                – Uma cor?
                – Roxo.
                – Um defeito?
                Hesitei um pouco. Lembrei-me de meu ex-marido, Russell.
                – Egoísmo.
                – Uma música?
                – Killer Queen, do Queen. – essa eu respondi sem hesitar; minha música preferida desde a primeira vez que escutei.
                – Comida preferida?
                – Tacos!
                Depois de quinze minutos de entrevista, ela se foi com sua equipe. Ouvi meus fãs gritando “Katy, eu te amo” e “Rock on KatyCats”, e tive vontade de descer para vê-los, mas não me deixavam descer. Peguei trezentos dólares na minha bolsa, dei 50 para o segurança que ficava na porta do meu quarto e ordenei que avisasse aos outros que eu iria descer.
                – Desculpe Srta. Perry, mas tenho ordens para não permitir.
                Dei mais 50. “50 para cada um que me deixar sair do hotel. Fale com quatro seguranças.” Pisquei para ele, que pegou a nota, segurou contra a luz e sorriu. Desci pelas escadas, para correr menos riscos de encontrar alguém; quando lembrei que ainda estava com meu Valentino. Era longo, então tomei cuidado. No último lance de escadas, Tamra gritou o meu nome, o que me fez ignorar o Valentino: virei-me bruscamente, acabei tropeçando na barra e descendo as escadas; rolando. Droga. Além de ter sido pega no ato de minha travessura, ainda machuquei o tornozelo.
                – Que diabos você estava fazendo? – perguntou Tamra.
                – Deixe de encher o saco, Tam. Só queria ver meus KatyCats…
                – Você sabe que não pode fazer isso. - disse, no elevador - Já acabaram as entrevistas, agora vá para a varanda do quarto, faça um coração com as mãos, jogue beijos e vá des-can-sar. Amanhã é o grande dia, não quero você com membros a menos, você sabe como são loucos. Isso se sair viva da premiére.
                Rindo sozinha, Tamra me deixou no meu quarto, fechou a porta e seguiu em direção ao dela.
                – Tam? – gritei.
                Tamra abriu a porta e me olhou com um olhar de censura. Achei melhor não mencionar o tornozelo machucado.
                – Boa noite.
                – Descanse, moleca.
                Tomei um banho, passei uma pomada no pé e fui tirar outro cochilo de gato. E minha canção de ninar se resumia a centenas de vozes gritando “Katy, eu te amo”. E o pulsar do maldito tornozelo.